Dieta hormonal para engravidar

O que (não) deve comer para o conseguir

A nutricionista e psicóloga Marilyn Glenville, uma das maiores especialistas em saúde alimentar do Reino Unido, não tem dúvidas.

Para aumentar as hipóteses de engravidar e de conceber um filho saudável, deve optar por soluções naturais.

As escolhas alimentares que faz surgem no topo da lista e exigem particulares cuidados.

Siga, por isso, as suas recomendações:

Ingira


- Hidratos de carbono complexos, nomeadamente grãos (trigo, centeio, aveia, cevada e milho), feijões, leguminosas, vegetais

 

- Ácidos gordos essenciais (presentes, por exemplo, no peixe gordo e nas sementes)

 

- Fibras que encontra nos cereais integrais, na fruta, nas nozes, na aveia, no pão, no arroz e nas massa integrais

 

- Soja orgânica

 

- Cozinhados ao vapor

 

Alimentos biológicos


Evite

- Aditivos, conservantes e adoçantes artificiais

 

- Cafeína

 

- Álcool

 

- Alimentos açucarados

 

- Hidratos de carbono refinados (presentes nos bolos e no pão branco, por exemplo) 

 

- Gorduras saturadas


- Descafeinado (contém estimulantes) 

 

- Refeições pré-preparadas

 

- Fritos

 

- Alimentos geneticamente modificados

Comentários