Reduza o risco de afogamento

Siga as dicas da Associação para a Promoção da Segurança Infantil

O afogamento ocorre rápida e silenciosamente, mesmo em pouca água. 

 

Para que o evite e tenha umas férias seguras com os seus filhos, siga as recomendações da Associação para a Promoção da Segurança Infantil:

 

- Informe-se sobre as condições de segurança na água do seu destino.

 

- Ao chegar, inspecione e vede o acesso a piscinas, lagos, tanques, rios ou mar.

 

- Coloque o número de emergência e a morada de férias no telefone.

 

- Escolha praias e piscinas vigiadas e respeite a sinalização.

 

- Perto de água, nunca perca as crianças de vista.

 

- Ensine-as a nadar paralelamente à margem e a não nadarem sozinhas ou mergulharem de cabeça sem saberem a produndidade.

 

- Despeje toda a água de baldes, alguidares e banheiras logo após a utilização.

 

- Jamais deixe um menor de três anos sozinho na banheira durante o banho.

 

- Aprenda a fazer reanimação cardiorrespiratória e, em caso de paragem por submersão, mantenha-a até a ambulância chegar.

 

- Se não nadam bem, incentive os seus filhos a usar braçadeiras mesmo em zonas de águas paradas, transparentes e pouco profundas.

 

- O colete salva-vidas deve ser usado em águas agitadas ou profundas e ao andar de barco ou praticar desportos naúticos, até pelas crianças que já sabem nadar.

artigo do parceiro:

Comentários