Cuidado com o cão

O que o seu filho deve fazer para não ser mordido

A maioria das crianças não lhes resiste e, mal os vêem, têm muito o hábito de se meter com os cães com que se cruzam.

 

Muitas espécies não gostam, no entanto, deste tipo de abordagem. Para evitar acidentes, explique isso ao seu filho e siga as regras basilares para um convívio amistoso: 

 

- Seja cauteloso. Se o seu filho lhe pedir se pode ou se sentir que a criança está com vontade de fazer uma festa a um cão desconhecido, pergunte primeiro ao dono se é seguro.

 

- Ensine-lhe que se deve aproximar do cão pela via lateral, em vez de optar por um frente a frente. Depois, deve estender-lhe a mão fechada (os dedos são os alvos preferidos para mordidelas) e deixá-lo cheirar. 

 

- Não entre em pânico em nenhum momento e faça com que a criança não demonstre sinais de nervosismo. Se um cão se dirigir a si ou ao seu filho ostentando aquilo que lhe parece ser uma atitude agressiva, fale-lhe de forma firme, mandando-o sentar-se, ficar quieto ou ir-se embora. Vá recuando, mas sempre devagar.

artigo do parceiro:

Comentários