Brincar não conta como exercício físico?

Esclareça já esta dúvida

Conta, claro. Mas nem sempre os minutos de recreio na escola são suficientes para estimular o desenvolvimento físico de uma criança que, tal como os adultos, precisa de se mexer todos os dias para crescer de forma saudável.

O aconselhável é que haja, pelo menos, uma hora por dia de atividades, brincadeiras, correrias e exercício.

O estudo, os trabalhos de casa e as atividades extra-curriculares são importantes mas as crianças, apesar de já não passarem o dia na rua como antigamente, também precisam de tempo para ser... crianças!

Os benefícios para os mais pequenos são claros:

- Sentem-se menos stressados
- Sentem-se melhor consigo mesmo
- Aplicam-se mais na escola
- Mantêm um peso saudável
- Estimulam a criação de uma estrutura óssea e muscular forte
- Dormem melhor à noite.

Por outro lado, os pais devem limitar o tempo para ver televisão ou estar ao computador, que será mais bem gasto em brincadeiras e jogos. E devem dar o exemplo sendo, eles próprios, pessoas ativas e planeando exercícios em
conjunto. Jogos em equipa, passeios de bicicleta, dançar, caminhar ou até mesmo jogar bowling ou fazer yoga são atividades que facilmente conquistam os mais novos.

artigo do parceiro:

Comentários