Os gritos

Para o bebé é uma forma de flexibilizar as cordas vocais.

Um grito pode parecer-lhe uma coisa terrível, mas a verdade é que para o bebé é apenas mais uma forma de flexibilizar as cordas vocais. Muitos bebés passam por uma fase em que gritam muito alto e durante muito tempo, por vezes, por puro divertimento. (Sorte a sua!).
Seja paciente — estes episódios de gritos tornar-se-ão em breve menos intensos e frequentes. Normalmente, o objectivo dos gritos é obter algo por parte da mãe. O bebé poderá estar a sentir-se frustrado – os bebés interpretam obter o que querem como um sinal de amor, por isso, se não conseguirem, poderão ficar muito perturbados.
Um grito pode também indicar que o bebé está ferido ou doente. Aconteça o que acontecer, não responda com outro grito. Tendo em conta que os bebés imitam o comportamento dos pais, o facto de tentar demonstrar o quão desagradável é o grito só irá fazer com que o repita. Mantenha-se serena.
Com calma, tente responder à necessidade do bebé, e, melhor ainda, tente prevenir os gritos antes de começarem dando mais atenção ao bebé antes de ele atingir o “ponto de saturação”. Certifique-se de que são satisfeitas as suas necessidades básicas e forneça muitos sinais de afecto físicos não verbais. Recomendamos que veja também: O seu bebé tem 10 meses, Terceira semana
Quando e como é que as crianças dominam o uso da colher?
Técnicas de descontracção para os pais
Dificuldades na hora de adormecer
7 segredos para viajar melhor com uma criança pequena
Miliária ou borbulhas do calor

artigo do parceiro:

Comentários