O tamanho do biberão importa

De acordo com um novo estudo, o tamanho do biberão influencia o peso do bebé. Saiba como e quais as doses recomendadas em cada idade

Um estudo publicado este mês na revista Pediatrics encontrou uma relação entre o tamanho do biberão e a taxa de aumento de peso no bebé.

Para determinar esta relação, os investigadores analisaram um grupo de mães que alimentavam os seus bebé com leite de fórmula e perguntaram-lhes qual o tamanho do biberão que usavam. Cada um dos bebés foi pesado aos dois meses de idade, e posteriormente aos 6 meses.

Após a contabilização de outros fatores que interferem no aumento de peso, o estudo decobriu que os bebés que tinham sido alimentados a partir de biberões maiores, tiveram um aumento de peso mais rápido do que aqueles que usavam biberões mais pequenos.

Conclusão: quando se trata de alimentação, o importante é saber a diferença entre um bebé com fome e um bebé satisfeito.

Os biberões variam de tamanho consoante as necessidades de alimentação do bebé.

Uma das formas de calcular o leite que o seu bebé necessita (até aos 4/6 meses), segundo o pediatra Hugo Rodrigues no seu blog Pediatria para Todos, "é multiplicar 150ml o peso da criança em quilos. A partir daí, fica calculado o valor para as 24 horas, pelo que a quantidade de leite a dar em cada mamada se obtém dividindo esse valor pelo número de mamadas que a criança costuma realizar. Como exemplo, suponhamos que temos um bebé com 6kg. A necessidade diária de leite dele será de 900ml (150 x 6). Se ele costumar fazer 5 mamadas por dia, a quantidade de leite por mamada será mais ou menos 180ml (900 / 5)".

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários