«É importante tentar perceber o que está a frustrar a criança»

Até por volta dos 12 meses existem certos comportamentos que os pais devem esperar da criança já que são caraterísticos desta fase do desenvolvimento.

À medida que o cérebro se desenvolve, as crianças mostram a sua agressividade, batendo, mordendo, dando pontapés ou estalos, empurrando ou puxando.

As crianças podem usar estes comportamentos com os brinquedos, adultos ou outras crianças em contexto lúdico, mas também os usam como resposta à frustração ou para conseguirem algo que desejam.

Conselhos para os pais
O sistema nervoso ainda não permite totalmente à criança descentrar-se e pôr-se no lugar do outro. É importante tentar perceber o que está a frustrar a criança e desencadeou determinado comportamento agressivo.

A reação dos pais deve ser calma, mas mostrar de forma clara a desaprovação do comportamento que a criança está a ter, para que ela possa compreender a necessidade de controlar esses comportamentos quando está frustrada.

Texto: Teresa Abreu Edição: Ana Margarida Marques
Autores consultados Winnicott, Pediatra e Psicanalista; Alicia Fernandez, Psicopedagoga; T. B. Brazelton, Pediatra ; Joshua Sparrow, Pediatra

Siga este e outros temas sobre educação, saúde e cuidados ao bebé no nosso Facebook

artigo do parceiro:

Comentários