Dos 6 aos 12 meses: Teste os seus conhecimentos de saúde

O que causa irritações na pele do bebé?

O Verão traz consigo piqueniques em locais pitorescos, passeios vigorosos e dias esplendorosos na praia – mas também implica que a pele do bebé estará exposta aos elementos da natureza. Consegue estabelecer a correspondência entre os seguintes elementos irritantes ao ar livre com o tipo de irritação cutânea que normalmente causam?

1. Borbulhas do calor
2. Hera-venenosa, carvalho-venenoso ou sumagre-venenoso
3. Mordida de carraça
A. Uma irritação vermelha que causa comichão e aparece sob a forma de linhas ou listras
B. Uma irritação com um centro, rebordos vermelhos elevados e centro claro
C. Irritação vermelha clara com borbulhas, nas dobras da pele

Resposta: 1C; 2A; 3B

1C. Se o bebé apresentar repentinamente uma irritação vermelha com borbulhas no pescoço, na axila ou perto dos bordos da fralda, trata-se provavelmente de miliária. A miliária, também conhecida como borbulhas do calor, é uma erupção cutânea accionada por uma combinação de calor e humidade. Na maioria das vezes, a irritação surge nas dobras da pele e em zonas do corpo onde a roupa está mais justa, incluindo o tórax, a barriga, o pescoço, as virilhas e as nádegas. Se o bebé usar chapéu, a irritação pode afectar também o couro cabeludo ou a testa. As borbulhas do calor afectam frequentemente os bebés porque os pais vestem normalmente roupa a mais e ainda são demasiado novos para se queixarem, mas podem afectar crianças de todas as idades (e também adultos). 2A. Os sintomas de exposição a hera-venenosa, carvalho-venenoso ou sumagre-venenoso são manchas inchadas e vermelhas que causam comichão, muitas vezes restringidas a apenas uma ou duas zonas do corpo. Pode ser difícil determinar a causa desta irritação mas, se estiver com o bebé numa zona com árvores ou pantanosa (ou se tiver um animal de estimação que tenha estado neste tipo de locais), uma destas plantas será provavelmente a responsável. Outros sinais de que poderá ter estado em contacto com uma planta venenosa: a irritação surge normalmente um dia ou dois após o contacto com a planta (embora possa demorar uma semana). Apresenta-se muitas vezes sob a forma de linhas ou listras e forma normalmente bolhas e crostas passados alguns dias. A identificação da planta responsável depende normalmente da zona onde se encontra. 3B. Mordida de Carraça - Embora nem sempre se manifeste, o sintoma mais evidente de que a criança foi mordida por uma carraça portadora da doença de Lyme é muitas vezes uma mancha com centro – uma mancha circular ou oval vermelha, muitas vezes com um centro claro – no local da mordida. A irritação aparece normalmente uma semana ou duas após a mordida mas pode manifestar-se até 30 dias mais tarde. No princípio, a irritação pode ter um diâmetro inferior a 3 cm, mas pode aumentar para 13 a 15 centímetros e permanece normalmente durante várias semanas. A criança pode também desenvolver lesões noutras zonas do corpo, três a cinco semanas após a mordida. Felizmente, as doenças transmitidas pelas carraças são pouco comuns, especialmente nos bebés e, se detectadas precocemente, podem ser tratadas eficazmente com antibióticos.

artigo do parceiro:

Comentários