Dermatologista alerta que produtos usados no bebé devem conter poucos conservantes

A médica Leonor Girão, dermatologista na Clínica de Dermatologia do Areeiro, recomenda que os produtos usados no bebé tenham o menor número de ingredientes possível.

Existem cuidados essenciais com a pele do bebé nos primeiros anos de vida?

Sim. Quanto mais jovem é a criança, mais "puros" devem ser os produtos a aplicar na sua pele, no sentido de conterem o menor número de ingredientes possível, terem poucos conservantes, serem hipoalergénicos e, de preferência, sem perfume.

De que forma é que os escaldões podem prejudicar o bebé e a criança a curto e longo prazo?

Os escaldões representam uma queimadura solar de grau variável consoante a intensidade da exposição solar. Podem, inclusivamente, causar bolhas – queimaduras de grau 2 – ou provocar mesmo uma insolação com risco de vida e que implica a necessidade de internamento hospitalar. As queimaduras solares induzem alterações nas células da pele que cumulativamente promovem o desenvolvimento de cancro de pele.

Quais são os cuidados essenciais a ter com o bebé na exposição solar?

É essencial proteger a pele da exposição solar recorrendo a três medidas primordiais: procurar áreas de sombra nas horas de maior intensidade radiação ultravioleta, utilizar roupa protetora (como óculos, chapéu e t-shirt) e fazer a aplicação regular e frequente de filtros solares. É preciso ainda proteger a pele em todas as situações em que os problemas cutâneos não se resolvam em 7 dias ou em que, pela sua extensão ou exuberância, é necessário controlo imediato.

Quais são os problemas de pele mais comuns na primeira infância? 

Os problemas de pele mais frequentes nas crianças e bebés são a dermite atópica, a dermite seborreica e as infeções cutâneas, tudo patologias tratáveis.

O stress também pode afetar a pele do bebé?

Sim, o stress pode originar dermatoses psicossomáticas nas crianças, como por exemplo as peladas e alopécias resultantes de tricotilomania.

Qual a melhor forma de prevenir a assadura?

Mudar a fralda com frequência, usar fraldas com composição absorvente e manutenção da superfície seca e aplicar entre cada muda um creme barreira com óxido de zinco.

Em que situações é que os pais devem procurar um dermatologista?

Em todas as situações em que os problemas cutâneos não se resolvam em 7 dias ou em que, pela sua extensão ou exuberância, necessitem de controlo imediato.

As explicações são da médica dermatologista Leonor Girão

Comentários