Como dar resposta às alergias

Saiba mais sobre o diagnóstico e o tratamento das alergias mais comuns nos primeiros anos de vida da criança.

Segundo Elisa Pedro, Médica Imunoalergologista e Chefe de Serviço do Hospital de Santa Maria, o diagnóstico das alergias pode passar pela realização de testes cutâneos realizados por Imunoalergologistas e pelo doseamento de anticorpos IgE específicos no sangue, nomeadamente para alergénios do ambiente e alergénios alimentares. De notar que os testes cutâneos não têm resultados fiáveis em crianças com menos de ano e meio. Outro exame possível de se fazer é o de sangue (“IgE especificas”), que avalia vários elementos que podem estar na origem da alergia.

Formas de tratar as alergias

O tratamento das alergias pode envolver medicamentos anti-histamínicos para controlar a comichão, passando por corticosteróides tópicos sob a forma de creme, que são usados nos períodos de agudização, explica a Médica Imunoalergologista Elisa Pedro.

Nos casos graves pode ser necessário tomar outras atitudes terapêuticas, que o médico Imunoalergologista poderá indicar depois de avaliar a situação em concreto. Em relação aos tipos de alergias respiratórias como dificuldade em respirar, tosse e pieira (sibilância), muitas vezes noturna, as crises tratam-se com medicamentos broncodilatadores por via inalatória (inaladores com auxílio de câmaras expansoras), enquanto que o tratamento preventivo inclui os corticosteróides tópicos inalados e os anti-leucotrienos.

Já no caso da alergia alimentar, uma das formas de tratamento pode passar pela exclusão do alimento causador da alergia, ainda que esta exclusão deva ser feita após falar com o médico assistente.

Texto: Sofia Patrício

Edição: Ana Margarida Marques

Siga este e outros temas sobre educação, saúde e cuidados ao bebé no Facebook O Nosso Bebé 

artigo do parceiro:

Comentários