Bebé com cólicas: Um choro a consolar

Todos os bebés choram, mas uns choram mais do que outros: Uma das causas deste choro podem ser as cólicas, uma fonte de ansiedade para os pais. É um choro que, às vezes, alivia com mimo e paciência, mas por vezes pode ser preciso algo mais. A boa notícia é que passa com o tempo.

Probióticos ajudam a prevenir cólicas e a diminuir regurgitações e prisão de ventre dos bebés

Choro sem causa aparente

É normal que um bebé chore pois é a sua forma de comunicar. Chora porque tem frio, calor ou fome, porque a fralda está molhada ou suja, porque está doente ou simplesmente desconfortável. Mas há bebés que choram sem razão aparente, todos os dias, várias horas por dia, sem descanso. Pode ser sinal da presença de cólicas.

O choro, normalmente, é incessante, o bebé está irritado e agita braços e pernas em sinal de desconforto na barriga. Acontece, normalmente, a partir da segunda semana de vida, com mais intensidade entre a quarta e a sexta e com tendência a desaparecer pelos três, quatro meses.

As cólicas, no entanto, não são a causa de todo o choro, podendo usar-se uma regra simples – a de 3 por 4 – para as distinguir:

Pode estar-se perante cólicas se o bebé chora inconsolável:

  • nos primeiros 3 meses
  • mais de 3 horas por dia
  • se o choro ocorre mais de 3 dias por semana
  • e se se prolonga por, pelo menos, 3 semanas.

artigo do parceiro:

Comentários