Zulmira Ferreira farta de viagens

A mulher do treinador de futebol Jesualdo Ferreira está cansada da vida de emigrante.

Zulmira Ferreira espera que o futuro do marido passe por Lisboa ou, então, que Jesualdo Ferreira arrume de vez a braçadeira de treinador de futebol e se dedique à reforma.

“Tenho muitas saudades de Portugal, da minha casa, do meu espaço, da minha família. Ando há 12 anos a emigrar e a migrar e apetecia-me imenso ficar cá agora”, confessou Zulmira Ferreira, que acaba de regressar do Minho, onde o marido esteve a treinar o Sporting de Braga.

“Chegámos a Lisboa há pouco tempo ainda não assentei muito bem, ainda estou a tratar da logística toda. Mas também ainda não sei se ficamos cá, embora gostasse muito”, explicou Zulmira.

Sem clube desde o final do mês, após rescisão de contrato com o Braga, Jesualdo Ferreira passou os últimos anos em Atenas (Grécia) e em Málaga (Espanha). Também já viveu em Marrocos e treinou equipas portuguesas como o Sporting, o Porto e o Benfica.

“Não me estou a lamentar, pelo contrário, é extremamente positivo e gratificante, mas chega uma altura em que é bom voltarmos ao lar doce lar e estou nessa fase”, concluiu Zulmira Ferreira, que quer, agora, “dedicar o máximo de tempo possível” aos quatro netos.

Comentários