Tom Cruise comparado aos nazis

Historiador alemão diz que o actor é parecido com Goebbels, o propagandista de Hilter.

Um conceituado historiador alemão e um estudioso da Igreja da Cientologia sustentam que há muitas semelhanças entre o actor norte-americano Tom Cruise e o dirigente nazi Joseph Goebbels, propagandista do regime de Hiltler.

Guido Knopp, autor de numerosas reportagens televisivas sobre o nazismo, e o pastor evangélico Thomas Gandow, perito em matérias relacionadas com a Cientologia, fizeram aquela acusação depois de terem estudado um vídeo de uma sessão secreta da seita de Cruise.

Nesse vídeo, que agora chegou a público através do portal da net "Gawker.com", Tom Cruise está em cima de um púlpito e discursa para os dirigentes da Cientologia. Depois de afirmar que "esta é a nossa era!", o actor pergunta à assistência: "Devemos limpar o mundo?". Como resposta, recebe um clamoroso "Sim!".

Esta cena "recorda automaticamente a qualquer alemão interessado em história o terrível discurso de Goebells no Palácio dos Desportos de Berlim", afirma o professor Guido Knopp ao jornal "Bild am Sonntag". De facto, em 18 de Fevereiro de 1943, o ministro da Agitação e Propaganda de Hitler perguntou às massas "quereis a guerra total?", tendo recebido um "Sim!" entusiástico da parte do público.

Knopp suspeita, também, que o filme de Cruise sobre o Conde Stauffenberg, o oficial alemão que conspirou contra Hitler e foi executado, teria na realidade objectivos propagandísticos. "Não estranharia que a fita faça parte da estratégia da Cientologia para conquistar simpatias através da pessoa do protagonista", comenta Knopp.

Por seu turno, o pastor evangélico Thomas Gandow considera que o vídeo "é mais uma prova de que Tom Cruise não é um simples membro da seita, mas, sim, o seu ministro da propaganda, o Goebbels da Cientologia".

Na Alemanha, a Igreja de Cruise conta com 700 altos dirigentes e cerca de 6 mil seguidores. Tem vindo a ser vigiada pelos serviços secretos, por se considerar que a Cientologia defende uma ideologia totalitária e anticonstitucional.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários