Sousa Tavares odeia o Facebook

O jornalista e escritor afirma que a rede social não passa de “uma agência de namoros”.

No dia em que o Facebook celebra dez anos de existência ainda existem os resistentes, que continuam afastados das redes sociais e não lhes poupam críticas, como é o caso de Miguel Sousa Tavares.

“Odeio esta e qualquer outra rede social. Todos os dias descubro mais vantagens em não estar lá, aquilo que ganho com isso é privacidade e tempo, dois luxos hoje em dia” – afirma, com a sua habitual frontalidade, o jornalista, escritor e comentador numa entrevista ao “Diário de Notícias”:

Miguel vai mais longe e arrasa as duas “desculpas” mais usadas pelos fãs do Facebook para abrirem uma conta na rede criada por Mark Zuckerberg: 

“Dizem que aderem para divulgar o seu trabalho ou que querem encontrar colegas da primária. Não preciso de vender o meu trabalho dessa forma nem tenho interesse em encontrar os colegas da primária. Eles se quiserem que me encontrem. Por mais desculpas que arranjem, aquilo é uma agência de namoros” – garante o sempre polémico Miguel.

Comentários