'Querido' esclarece polémica de fuga de gás em casa de Sandra B

A notícia terá sido adiantada pela revista Flash! Vidas. A mesma foi desmentida nas redes sociais, pela produção do programa.

O programa 'Querido Mudei a Casa' fez uma publicação na sua página de Facebook, na qual esclarece a mais recentes notícias adiantadas pela revista Flash!, as quais afirmam que tinha havido uma fuga de gás, na casa da atriz Sandra B, uma das propriedades que foi alvo da remodelação por parte do programa.

"DIREITO DE RESPOSTA (por favor, leiam tudo até ao fim)

A FLASH! Vidas, em parceria com o Correio da Manhã, publicou na sua edição de hoje, 1.10.2015, com destaque na sua página digital, uma “notícia" sobre uma alegada "fuga de gás" em casa da actriz Sandra B, após a renovação da mesma pelo Querido, mudei a casa!

(...)

Existiu uma fuga de gás em casa da atriz que pôs em risco a saúde da Sandra B e sua filha?

Sim, existiu, foi uma fase complicada na vida da Sandra B, mas aconteceu antes da visita dos querido, foi numa data anterior à intervenção do QUERIDO, ou seja, aconteceu muito antes do programa renovar a casa da actriz. Bastava falarem com a Sandra B para confirmarem isso.

Então esta fuga de gás não foi consequência das obras de renovação em casa da atriz?

Não não foi, nem tal seria possível, porque o programa televisivo QUERIDO não intervém, nem faz obras em instalações de gás, por não termos certificação legal para tal empreitada. Bastava falarem connosco para confirmarem isto.

Porque é que a FLASH! Vidas / Correio da Manhã publicaram esta "notícia" se ela é falsa?

Porque pegaram numa entrevista da actriz à RTP, e viraram a história do avesso, sem terem o cuidado nem a responsabilidade de confirmar os contornos da história, não falaram com a Sandra B antes de publicarem, e nem tentaram falar sequer com a BRISKMAN, a produtora do programa. Ou seja, não se deram ao trabalho de tentarem apurar os factos.

Mas dava assim tanto trabalho ao FLASH! Vidas / Correio da Manhã apurar a verdade?

Não, não dava. Mas é mais fácil criar polémicas assentes em mentiras do que publicar a verdade.

(...)

O Vosso,

QUERIDO, MUDEI A CASA!", escreveu.

artigo do parceiro: NM

Comentários