Que se passa com Rita Pereira?

A atriz recebe milhares da TVI, mas há meses que não é chamada para qualquer projeto.

A TVI continua a pagar pontualmente um salário milionário a Rita Pereira, mas há meses que não a chama para qualquer projeto.

O “desperdício” está a ser bastante comentado nos meios da televisão até porque, em tempo de vacas magras, a atriz foi uma das poucas estrelas que conseguiram manter o chamado “contrato de exclusividade” com o canal de Queluz. 

A própria Rita Pereira, que começou por ser apontada para a nova novela “Mulheres” mas que acabou por ficar de fora, parece desconhecer os motivos de tão prolongado afastamento do ecrã.

“Nunca estive fora da televisão mais de seis meses e esta é a maior pausa que já fiz”, disse a SapoFama a atriz, que não grava desde agosto do ano passado.

“Neste momento tenho vários projetos de publicidade mas, de televisão, não sei de nada”, acrescentou Rita, que vai gozando férias e acrescentando uns dinheiros extra à sua conta bancária com algumas produções comerciais.

Protegida por contrato, a beldade nem sequer se mostra muito ansiosa em voltar aos ecrãs: “Estou muito bem e tenho conseguido fazer coisas que não fazia há anos por falta de tempo. Pude voltar ao Brasil para estudar, tenho estado mais tempo com a família e tenho conseguido ir visitar os amigos que tenho em vários sítios do mundo. Estou realmente a carregar baterias”, sublinhou.

A próxima viagem “de trabalho e lazer” já está marcada para o final do mês, para um destino que a atriz divulgará em primeira mão na sua página do Facebook, como costuma fazer. 

Por enquanto, para ver Rita Pereira nos seus papéis de atriz, só mesmo no grande ecrã, no filme “Sei Lá”, de Joaquim Leitão, que representou a sua estreia no cinema e que lhe deixou sensações muito positivas.

“Tenho tido um ‘feedback’ medonhamente positivo. O filme já foi visto por 41 mil pessoas e eu também já o vi várias vezes”, concluiu a atriz. 

Comentários