Príncipe Harry mata talibã

Ele abateu um comandante dos rebeldes no Afeganistão.

O príncipe Harry estreou-se a matar no Afeganistão, tendo liquidado um líder talibã durante uma ação das tropas britânicas contra um grupo de rebeldes.

Segundo a imprensa britânica, o príncipe, de 27 anos, co-piloto artilheiro num helicóptero Apache, disparou um míssil que acertou em cheio no alvo.

A operação decorreu em outubro último, poucos dias depois de o Capitão Harry Wales – como ele é conhecido na tropa – ter regressado ao Afeganistão para uma segunda comissão de serviço.

Apesar de ser conhecido como “o príncipe das farras”, o filho mais novo de Carlos e da falecida princesa Diana parece levar muito a sério as suas obrigações militares e vai passar o Natal no teatro de guerra, longe da Família Real.

Comentários