PJ investiga morte de André

Autoridades vão interrogar os amigos do filho de Judite Sousa.

Cumprindo ordens do Ministério Público, que ordenou um inquérito às circunstâncias do acidente que vitimou André Sousa Bessa, agentes da Polícia Judiciária de Setúbal já estão a trabalhar no caso.

Entre outras diligências, os homens da PJ querem ouvir todas as pessoas que estavam com o filho de Judite de Sousa na madrugada de sábado na Quinta de São Simão, em Azeitão, local da tragédia.

O objetivo é tirar a limpo o que aconteceu naquela noite e como é que André caiu na piscina sem que, aparentemente, nenhum dos amigos que estavam com ele numa festa tivesse reparado.

Segundo informações veiculadas por algumas fontes, só 15 minutos depois da queda é que André, de 29 anos, foi encontrado, submerso, na piscina, por um dos companheiros.

Embora não haja suspeitas de crime, as autoridades querem esclarecer o assunto o mais depressa possível, para evitar especulações idênticas às que rodearam (e ainda rodeiam) o caso do Meco, em que morreram seis estudantes universitários.

Comentários