Paula Bobone: “Vou ser punk até morrer”

A professora de etiqueta causou sensação na Vogue Fashion’s Night Out, em Lisboa.

Adepta dos visuais arrojados, Paula Bobone voltou a causar sensação, ontem à noite, na Vogue Fashion’s Night Out, em Lisboa. 

“Hoje estou de punk. Aliás sou punk e vou ser punk até morrer”, disse a professora de etiqueta a SapoFama.

A clutch Alexander McQueen foi a única peça do conjunto que Paula Bobone destacou, revelando que o restante foi comprado: “Em Nova Iorque, numa loja chamada Trash & Vaudeville, onde compro a minha roupa toda. Não devia revelar este meu segredo, mas vá…”.

Sempre irreverente, Bobone promete continuar a surpreender: “Acima de tudo continuo a querer divertir-me com a roupa. Recuso-me a ser cinzenta e entrar no espírito do país. Ninguém me pode acusar de ser monótona”, concluiu. 

Comentários