O Natal de Ronaldo

O jogador recebe a família em Manchester, mas a Consoada será bem à portuguesa.

O Natal será na fria cidade de Manchester, em Inglaterra, mas a Consoada de Cristiano Ronaldo e sua família será bem portuguesa, com bacalhau, rabanadas e fofos em cima da mesa.

Este ano, mais uma vez, o futebolista reúne o clã Aveiro na sua mansão, com a mãe, D. Dolores, no comando das operações. Todos darão uma ajuda na cozinha, com excepção de Ronaldo, que está dispensado.

 "Não lhe queremos dar trabalho. Nós é que vamos estar lá de férias e temos o dever de tratar de tudo. Ele chega cansado dos treinos e é claro que não lhe damos tarefas", contou-nos a mãe do craque.

Mas mesmo que quisesse se dar uma ajudinha, Ronaldo parece que não se sairia lá muito bem... "Ele não sabe cozinhar nada! Sabe fazer uma coisinha ou outra para não morrer à fome, mas cozinhar não é com ele!", revela D. Dolores.

A mamã não se importa nada de agradar o seu menino quando vai passar férias q casa dele em Inglaterra: "É meu filho, por isso faço tudo para que ele esteja bem. Mas o que quero para ele, quero também para todos os meus outros filhos", sublinha ela.

A escolha das prendas para Ronaldo é que é um bico-de-obra, já que, segundo D. Dolores, "ele já tem sempre tudo o que quer".

Por isso, a família Aveiro tem de bater as prateleiras de muitas lojas para encontrar uma prenda que seja marcante para o jogador. "O que conta é a acção e não o presente em si. A nossa sorte é que ele é um bom rapaz, não é esquisito e dá valor a qualquer coisa que lhe damos", afiança D. Dolores.

A seguir ao Natal, a família Aveiro, que engloba também Elma, Hugo e Kátia, irmãos de Ronaldo, segue para a Madeira para a passagem de ano. O craque ficará em Inglaterra: "O Ronaldo bem queria vir, mas ele não tem folgas nessa altura e era cansativo estar a correr de um lado a outro. Mas o que importa é que o Natal seja muito bem passado", diz D. Dolores.

Vanessa Amaro (texto)

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários