Nuno Markl pede dinheiro para um filme

Humorista precisa de 100 mil euros e lança campanha de angariação de fundos.

Sem subsídios governamentais à vista, Nuno Markl lançou uma original campanha pública de angariação de fundos para poder levar ao cinema uma história que ele próprio escreveu.

O humorista criou o site “Por Ela”, o mesmo nome que pretende dar ao filme, e está a pedir aos fãs a contribuição de um euro por cabeça, no mínimo.

Markl, que já tem realizador (Jorge Vaz Gomes) e elenco (Ana Bacalhau, carismática vocalista da banda “Deolinda”, César Mourão e Tonan Quito), precisa, pelo menos, de 100 mil euros para poder arrancar com as filmagens.

Em troca, o humorista oferece vários privilégios aos contribuintes, que poderão ver o seu nome no genérico do filme, assistir à antestreia VIP e, até, jantar com ele e com o realizador, tudo dependendo do valor investido.

Markl, que define a história de “Por Ela” como “uma comédia, uma tragédia … um bocado como a vida”, promete um filme capaz de comover e fazer rir a plateia.

Nas primeiras horas da campanha, o humorista já tinha nos cofres 1.500 euros, graças à generosidade de várias pessoas, entre elas figuras bem conhecidas do público, como Sofia Ribeiro, Joana Santos, Rita Rugeroni e João Manzarra.

“Acabei de contribuir para o projeto do inventivo Nuno Markl. Acredito no princípio e no autor. Gostava que a minha parte fosse para o catering em forma de mini-rins”, anunciou Manzarra no Facebook.

Comentários