Moniz pica concorrência

Moniz pica concorrência Director de programas da TVI manda indirectas aos colegas.

O director de programas da TVI, José Eduardo Moniz, aproveitou o lançamento de mais uma novela, "Feitiço de Amor", para atirar umas farpas aos canais concorrentes.

Sem enunciar nomes, Moniz lançou-se ao ataque. "Ao contrário do que uma pessoa da concorrência disse e, que pelos vistos, percebe pouco disto, as novelas da TVI respeitam muito a realidade portuguesa. São formatos concebidos em Portugal e que são muito parecidos com a sociedade portuguesa", afirmou ele, rebatendo opiniões recentemente expressas por Virgílio Castelo, consultor para a ficção da SIC.

Valorizando o trabalho da TVI, Moniz considera que a sua estação está a fazer aquilo que "muita gente julgava ser impossível", produzindo cerca de 1000 horas anuais de ficção nacional e formando novos talentos.

"Descobrimos muitos actores e, felizmente, até estamos a abastecer o mercado todo! Vemos a concorrência a ir atrás de actores que nasceram ou se afirmaram na TVI", acrescentou José Eduardo.

A indirecta é claramente sobre o assédio da SIC a estrelas da TVI, mas Moniz não dramatiza: "É bom ter essa posição de liderança, ser a candeia que vai a frente. Não nos importamos com isso."

Ainda há pouco, a actriz Cláudia Vieira abandonou o elenco de "Equador" para assinar contrato com a SIC. José Eduardo Moniz aparenta não guardar mágoas: "Queremos que toda a gente seja feliz e se sinta bem com as suas decisões", disse ele.

Fernanda Serrano regressa

José Eduardo Moniz confirmou que o regresso da actriz Fernanda Serrano, afastada por motivo de doença, está para breve: " Está a recuperar e volta em breve. Ela é que vai decidir em que projecto quer entrar", esclareceu o director.

Além de uma novela de Rui Vilhena, "Força do Mal", a TVI já está a tratar de mais uma produção, escrita por Maria João Mira. "O filme "Morangos" e os "Casos da Vida" são outras apostas para este ano na área da ficção.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários