Miguel Relvas adia boda

Crise e greve da TAP levam ministro a adiar a festa do seu casamento.

O ambiente de crise no país e a anunciada greve da TAP levaram o ministro Miguel Relvas a adiar a festa do seu casamento, marcada para 23 de Março.

Relvas, de 51 anos, vai dar o nó com Marta Sousa, de 34, assessora de comunicação do primeiro-ministro Passos Coelho.

Segundo fonte próxima dos noivos, citada pelo “Correio da Manhã”, ambos “concordaram que uma boda de arromba neste momento de crise económica poderia parecer mal aos portugueses”.

A greve da TAP, anunciada para os próximos dias 21, 22 e 23, também terá pesado na decisão do ministro, que pretende ter na festa vários amigos residentes no estrangeiro.

Desconhece-se, neste momento, se os noivos, apesar do adiamento da boda, vão manter a cerimónia civil na data inicialmente prevista. Em caso afirmativo, formalizariam legalmente a sua relação no dia 23 e fariam a festa algum tempo depois.

Miguel Relvas e Marta Sousa aproximaram-se durante a campanha eleitoral de Pedro Passos Coelho para as eleições legislativas de 2011, altura em que passaram longos períodos na estrada. Meses depois, em fevereiro de 2012, passaram a viver juntos num apartamento, na zona de Belém, em Lisboa.
O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares foi casado até 2011 com Ana Paula Miranda, mãe de sua filha Filipa, de 21 anos.

Comentários