Michael Douglas culpa o sexo oral

Ator afirma que o seu cancro na garganta foi contraído devido à prática do “cunnilingus”.

O ator Michael Douglas surpreendeu meio-mundo ao revelar que o cancro na garganta de que sofreu há três anos atrás foi contraído devido á pratica de sexo oral e não devido aos excessos de álcool ou droga, como chegou a ser especulado na altura.

“Sem querer entrar em detalhes, este tipo de cancro em particular é causado pelo Papilomavírus Humano (HPV) e eu apanhei-o devido à prática de cunnilingus”, afirma Douglas numa entrevista ao jornal inglês “The Guardian”.

O ator, de 68 anos, casado com Catherine Zeta-Jones, ainda brincou um pouco: “Pensei que o stress causado pela prisão do meu filho poderia ter ajudado ao aparecimento do cancro, mas trata-se de uma doença sexualmente transmissível que provoca o cancro. E, curiosamente, se a tivermos, o cunnilingus é também a melhor cura…”.

Michael Douglas, que foi submetido a oito semanas de quimio e radioterapia e perdeu cerca de 20 quilos, reconhece que foi um período muito complicado na sua vida: “Foi um caminho muito difícil. A quimioterapia que estava a receber matava não só o cancro mas também o que estava bem em mim e isso debilitou-me muito”.

Comentários