“Marisco d’Eusébio” é mesmo camarão

“Pantera Negra” desmente a velha história dos tremoços…

O ex-futebolista Eusébio desmontou ontem a velha história dos tremoços, que seriam o seu marisco preferido.

De acordo com lenda, o “Pantera Negra” teria dito, aquando da sua vinda de Moçambique para Lisboa, no final dos anos 60, que o seu “marisco preferido” era o … tremoço.

A suposta declaração entrou no anedotário nacional como sendo verdadeira e ainda hoje há quem peça nas cervejarias um pratinho de “Marisco D’Eusébio” quando pretende uma mão-cheia de tremoços.

A verdade é que, segundo reafirmou ontem o próprio Eusébio, durante um evento no Museu da Cerveja, no Terreiro do Paço, em Lisboa, a história é falsa e ele nunca disse aquilo.

Segundo explicou o “Pantera Negra”, o mito radica num antigo hábito, comum naquela época, nas cervejarias de Moçambique. Por esse tempo, era usual as cervejarias locais oferecerem um pratinho de camarão aos clientes que pedissem uma cerveja. Porém, por cá, a oferta era de um pratinho com tremoços, um hábito que, de resto, ainda hoje perdura em alguns estabelecimentos.

Para desfazer definitivamente o mito, o Museu da Cerveja decidiu homenagear o antigo craque, lançando uma campanha de verão intitulada, precisamente, “O Marisco d’Eusébio” e que consiste na oferta de um pratinho de camarão a quem beber uma cerveja naquele local.

Entre em FOTOS e comprove que o “Marisco d’Eusébio” não tem nada a ver com tremoços – é mesmo camarão…

Comentários