Manuel Luís Goucha lança livro com o namorado

É um livro de receitas escrito "a quatro mãos", como o próprio apresentador o descreveu.

Manuel Luís Goucha anunciou um novo projeto no seu blogue. É um livro de receitas que foi escrito em conjunto com o namorado.

O apresentador partilhou inclusive o texto de introdução da publicação.

"Cá em casa... somos dois, e com uma paixão comum, esta de entender os alimentos, de os acomodar com gosto e criatividade e de saboreá-los. Estas são as receitas do nosso dia-a-dia e se, ao primeiro olhar lhe parecem, muito elaboradas, desengane-se, que exceptuando aquelas que pedem a mais terna das quenturas, a maior parte faz-se em menos de trinta minutos. É tudo uma questão de método na cozinha e de rentabilização do produto e do tempo. Gostamos de uma cozinha estimulante e saudável e para isso somos criteriosos na escolha do que preparamos e na forma como o fazemos. O mesmo se aplica ao jeito de temperar, que se há coisa que nos agrada é tirar da nossa pequena horta os olores que hão-de triunfar no prato. Depois somos pela estetização do empratamento, mesmo que sejamos só os dois à mesa.

É que se os olhos são os primeiros a reagir ao jogo de cores e texturas no prato, logo o olfacto, o ouvido e tudo o há-de acordar.

Que seja, então, uma festa para os sentidos! Por ser uma coisa tão nossa, quis ser eu mesmo a fotografar as receitas, sem pretensões ou mascarices e, assim, este livro quase recupera a memória de um velho caderno de receitas, machucado pelo uso, com algumas notas de pé de página, às quais também o(a) leitor pode acrescentar as suas, que para isso reservámos umas quantas linhas. Agora é consigo, que por muitas receitas, ideias e sugestões que possamos nele incluir, algo há que não nos cabe acrescentar: a sua alma. É que só uma cozinha com alma conforta e apazigua", escreve em 'Cabaré do Goucha'.

"É este o texto de introdução do meu novo livro de receitas, desta vez feito a quatro mãos. Digamos que é a apresentação do que se lhe segue, o recheio: oitenta receitas, de entre tantas que se fazem cá em casa", diz Goucha.

"Acho que vai gostar do resultado final em termos de composição e grafismo. Mas lembra-se de, na semana passada, lhe ter falado da capa e da sua importância no sentido de transformar o livro num objecto de desejo? Na altura, partilhei fotos, tiradas por mim, do ambiente que se criou no meu jardim, ou não fosse este um livro tão mais pessoal que outros receituários que ao longo dos anos fui publicando, para a elaboração da capa. Desta vez quero mostrar-lhe algumas das largas dezenas de fotografias tiradas, nessa sessão, pelo Fernando Branquinho, o artista que escolhi essencialmente pelo talento que descobri no seu trabalho ao que agora acrescento a sua simpatia e profissionalismo. E a questão é esta: qual destas fotos será a capa do livro? E a contracapa, como será? Sabê-lo-á em breve, até porque “As receitas cá de casa” estarão nas livrarias daqui a pouco mais de uma semana. Hoje, é só mesmo para coscuvilhar, eu deixo", termina.

artigo do parceiro: NM

Comentários