Luís Figo: " O povo português é solidário!"

Em conversa com os jornalistas, ontem à noite, Luís Figo explicou a sua participação na escrita do livro "Filhos do Coração". O famoso futebolista não tem dúvidas que  os portugueses vão  comprar a obra, num gesto de solidariedade para com as crianças escravas do Gana. "A obra é linda, o fim é precioso, e nós somos um povo solidário!", disse ele.

Quem teve a ideia de escrever "Filhos do Coração"?

A ideia é da Alexandra Borges. Ela é que me convenceu a pôr uma pedrinha neste livro. Por isso o mérito é todo dela. Embora nenhum de nós esteja aqui para alcançar notoriedade ou mérito por este livro. O mais importante é a causa e foi por essa causa que eu aceitei fazer parte deste projecto.Qual é a mensagem que quer passar com este livro?

A mensagem é tentar libertar e ajudar o maior número de crianças sem família no Gana, e que não têm as condições básicas que todas as crianças precisam para viver.

Inspirou-se nas histórias que conta às suas filhas para pôr as tais pedrinhas neste livro?

Pus-me um pouco na pele de um pai adoptivo e, em conjunto com a minha mulher, que tem mais sensibilidade para estas coisas, tentámos dar continuidade à história que ia sendo apresentada pela Alexandra. E a curiosidade é que não nos conhecíamos. Hoje é a primeira vez que estamos juntos.Como é que se constrói uma história com uma pessoa que não se conhece?

É difícil porque não sabemos o que vai na cabeça da outra pessoa, mas acho que a história tem um final feliz e também estou muito feliz por poder estar aqui a apresentar este projecto tão importante e cujo objectivo é ajudar crianças que não têm família.Como é que se sentiu na pele de escritor?

Tenho o maior respeito pelas pessoas que têm essa profissão. A minha participação neste livro não é mais do que um gesto de solidariedade porque fiquei sensibilizado com esta causa.Depois desta experiência ficou com vontade de escrever a sua biografia?

Nunca pensei nisso, até porque ainda me faltam alguns meses para deixar de jogar futebol. Quem sabe, daqui por uns anos possa vir a ter esse objectivo, mas, por enquanto, não.Já leu o livro às suas filhas?

Ainda não, mas já viram as ilustrações. Só quando chegar a casa é que vou ter oportunidade de lhes mostrar o livro completo.Já alguma vez pensou na possibilidade de adoptar uma criança?

Claro que sim, mas como tenho três crianças não é o momento para o fazer embora no futuro possa voltar a ponderar essa hipótese.Este ano vai passar o Natal em Portugal?

Não. Vou passá-lo em Madrid.Vai ser um Natal tradicional com muitos presentes para as crianças?

É um Natal normal, com saúde, com a minha família, os meus pais e a família da minha mulher. Claro que um Natal com crianças é sempre mais feliz e alegre. Só de ver o sorriso das minhas filhas, já é o melhor presente do mundo.Além do livro, o que vai oferecer às suas filhas? Elas pedem-lhe muitos presentes?

Elas são como as outras crianças, quanto mais presentes melhor. Mas como não se pode ter tudo, tento que elas possam desfrutar de cada brinquedo ao máximo. 

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários