Lara Flynn Boyle está irreconhecível

A atriz da mítica série televisiva «Twin Peaks», que já se submeteu a várias cirurgias estéticas, exibe hoje, aos 45 anos, um ar desleixado

No início da década de 1990, quando surgiu no pequeno ecrã no papel de Donna Hayward na emblemática série de televisão «Twin Peaks», a sua beleza não deixava ninguém indiferente mas hoje, aos 45 anos, depois de uma série de cirurgias estéticas que não correram bem, Lara Flynn Boyle é uma pálida sombra do que foi. Descuidada, mal vestida, com o cabelo gorduroso e com as raízes descoloradas à vista, como foi vista em público nos últimos dias, a atriz está longe de se apresentar como a mulher sedutora e glamorosa que chegou a deslumbrar em estreias como a do filme «Men in Black II», em 2002 (na imagem).

No início da década de 2010, a intérprete de Donna Gardner no filme de terror «Poltergeist III», que marcou a sua estreia no cinema em 1988, tornou-se dependente da cirurgia estética. Os pequenos retoques iniciais rapidamente se converteram em operações mais invasivas que alteraram radicalmente as feições da atriz. «Parece que o seu rosto está a derreter», comentou publicamente o cirurgião plástico Anthony Youn.

«Parece ter havido um inchaço que se traduz hoje num excesso de pele no rosto», considera o especialista, que justifica a aparência com uma série de procedimentos cirúrgicos falhados. O ano passado, Lara Flynn Boyle surgiu no grande ecrã no filme «Lucky Dog». Ex-namorada dos atores Kyle MacLachlan e Jack Nicholson, está casada com o investidor imobiliário Donald Ray Thomas II desde 2006.

Texto: Luis Batista Gonçalves com Frederick M. Brown/Getty Images e Flynet (fotografia)

artigo do parceiro:

Comentários