Klaus Kinski violou a filha

Pola Kinski revela que foi abusada pelo ator alemão, dos 5 aos 19 anos.

A atriz Pola Kinski, filha mais velha do famoso ator alemão Klaus Kinski, falecido em 1991, revela num livro de memórias que seu pai abusou sexualmente dela durante toda a sua infância e adolescência, entre os 5 e os 19 anos.

“Ele julgava-se acima de toda a gente e, simplesmente, pegava o que queria”, disse a atriz de teatro, hoje com 60 anos de idade, à revista “Stern”.

No seu livro “Kindermund” (Palavras de Criança”), agora editado, Pola conta que cresceu sob o medo constante dos ataques de ira do pai, um homem que “abusava de qualquer pessoa e nunca respeitou ninguém”.

“Quando o vejo nos filmes, sinto que ele era exatamente igual em casa”, sublinha Pola, numa alusão aos papéis de louco furioso que Kinski desempenhou em várias fitas, como “Aguirre”, “Nosferatu” e “Fitzcarraldo” – obras do realizador Werner Herzog, com quem o ator trabalhou constantemente.

As revelações de Paola estão a ser muito comentadas na imprensa internacional e deixaram uma das suas irmãs, a atriz Nastassja Kinski, lavada em lágrimas: “É um momento difícil para mim. Estou do lado de minha irmã, apoia-a e estou profundamente emocionada”, declarou ela ao jornal alemão “Bild”.

Comentários