Kim Kardashian pode remover o útero após o segundo filho

A socialite, de 34 anos, falou dos problemas de saúde por que tem passado nos últimos anos e de que forma é que isso tem afetado o facto de querer ser mãe uma segunda vez.

Em entrevista à "C Magazine", Kim Kardashian revelou que sofre de placenta acreta, uma condição que consiste na implantação profunda da placenta na parede uterina, e que lhe tem causado dificuldades em engravidar novamente. A socialite americana diz que tentou de tudo: desde consultar um nutricionista a experimentar a acupuntura.

"Levanto-me todos os dias às cinco da manhã para ir ao médico em Beverly Hills só para poder saber se estava a ovular", revelou a estrela de "Keeping Up With The Kardashians" que está grávida do seu segundo filho.

"Os médicos acham que tenho placenta acreta novamente, por isso se a placenta crescer mais do que da última vez, há a possibilidade de me retirarem o útero, o que é assustador", confessou.

Recorde-se que esta não é a primeira vez que Kim Kardashian tem complicações durante a gravidez. No ano passado, quando estava grávida de North West, a estrela revelou que teve ataques de pré-eclampsia, uma condição clínica caracterizada pela tensão arterial elevada e que pode originar a morte da mãe e do bebé.

Comentários