Justin Bieber preso em Miami

O cantor foi detido por excesso de velocidade, excesso de álcool, excesso de marijuana e excesso de resistência à polícia.

Ao fim de tarde de hoje, Justin Bieber continuava preso depois de ter sido apanhado a conduzir um Lamborghini a alta velocidade nas ruas de Miami Beach, na Flórida.

A todo o momento, o cantor de 19 anos deverá ser ouvido por um juiz, que decidirá do seu destino imediato.

Bieber foi detido quando participava numa corrida ilegal com outro “acelera”, que conduzia um Ferrari e foi igualmente preso.

Segundo informação das autoridades policiais, Justin confessou que tinha estado todo o dia a consumir álcool, marijuana e antidepressivos prescritos pelo médico.

Assim, de acordo com as mesmas fontes, o artista, ídolo de milhões de adolescentes em todo o mundo, será acusado de “condução sob influência”, corrida ilegal, excesso de velocidade, carta inválida em Miami e resistência à prisão, embora sem violência.

A detenção decorreu a meio da madrugada de hoje, quando a polícia foi alertada para o facto de dois carros estarem a fazer corridas ilegais, bloqueando o trânsito numa zona residencial de Miami.

Quando chegaram ao local, os agentes depararam com Bieber num Lamborghini amarelo e um amigo, o cantor Khalil, num Ferrari vermelho, ambos apostados em ver que ganhava a corrida.

Bieber, segundo a polícia, não se mostrou nada “cooperante” no momento da detenção, tendo proferido alguns palavrões.

Apesar de ter protagonizado uma sucessão de incidentes ao longo dos últimos meses, Bieber nunca foi formalmente acusado pela Justiça.

Mas há sempre uma primeira vez e, muito provavelmente, será esta.

Comentários