José Saramago chora

O Nobel português não segurou as lágrimas na antestreia do filme “Ensaio sobre a Cegueira”.

Mais de mil pessoas encheram ontem à noite os cinemas UCI do Freeport de Alcochete para ver no grande ecrã a adaptação da obra "Ensaio sobre a Cegueira", de José Saramago.

O vencedor do prémio Nobel da Literatura entrou na sala depois de todos os convidados para a antestreia nacional estarem devidamente acomodados. Ao lado do director do filme, o brasileiro Fernando Meirelles, Saramago disse estar ansioso por ver, pela primeira vez com qualidade, a obra cinematográfica resultante do seu livro.

"Vi o filme no ano passado, mas com péssimas condições de imagem. Por isso, desta vez é mesmo a sério. Posso dizer que este é o meu primeiro visionamento", anunciou ele.

Depois dos cerca de 100 minutos de filme, o escritor português entrou na onda dos aplausos e mostrou-se muito comovido com a recepção do público. No ano passado, ao ver as primeiras imagens da película, o escritor chorou de emoção. "Fernando, estou tão feliz por ter visto este filme como estava quando acabei o livro", disse ele ao director brasileiro. "É mesmo? Não sabe como me deixa feliz ouvir isso", respondeu Fernando Meirelles, beijando José Saramago na testa.

"Ensaio sobre a Cegueira" é o segundo romance de Saramago adaptado ao cinema, depois de "Jangada de Pedra". A parábola sobre a crise de valores da sociedade contemporânea conta a história de uma misteriosa doença que deixa toda uma comunidade a ver apenas uma névoa branca, excepção feita a uma mulher (Julianne Moore) que escapa à epidemia.

Em conversa com os jornalistas, Saramago reconheceu que as imagens são violentas, "porque assim tinha que ser" e "porque a vida por si só é uma violência". Disse algumas piadas ligadas à cidade de Alcochete ("Há 60 anos, ouvi dizer que havia muitos bons bolos aqui, mas não vejo nada - só vejo esta nave enterrada", afirmou, referindo-se ao centro comercial) e avisou que nessa noite não faria política. "Estamos aqui para ver o filme, por isso, as minhas habituais lições ficam para outra altura", disse ele.

"Blindness - Ensaio sobre a Cegueira" é uma co-produção entre três países - Brasil, Canadá e Japão - e conta no elenco com Julianne Moore, Marc Ruffalo, Gael Garcia Bernal, Danny Gloover e Alice Braga. O filme estreia nas salas portuguesas a 13 de Novembro.

Veja como foi a antestreia!

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários