José Castelo Branco: “Os juízes odeiam-me!”

O “conde” garante ser alvo de discriminação nos tribunais.

José Castelo Branco afirma, sem papas na língua, que os juízes portugueses o odeiam e que, por isso, “nunca é julgado como as outras pessoas”.

O “marchand” de arte, recentemente condenado num processo que lhe foi movido pelo relações-públicas Daniel Martins, disse ao “Correio da Manhã” que foi vítima de preconceito.

“É incrível como os tribunais perdem tempo com estas coisas. Mas já estou habituado. O José Castelo Branco nunca é julgado como as outras pessoas. (…) Toda a gente sabe que os juízes me odeiam e a primeira coisa que dizem é que ostento riqueza”.

Nesse processo em causa, José Castelo Branco respondeu por difamação e ofensas à integridade física de Daniel Martins, tendo sido condenado a uma pena de 9 meses de prisão, com pena suspensa, e a uma indemnização de mil euros.

O “conde” já fez saber que tenciona desembolsar a massa: “Não pago porque não fiz nada de mal. Vou pedir recurso”, revelou.

Comentários