João Baião triste no funeral de Delfina Cruz

O apresentador e ator critica a falta de comparência dos colegas no funeral da atriz.

Delfina Cruz e João Baião

João Baião não escondeu a tristeza que sentiu com a falta de comparência dos colegas no funeral da atriz Delfina Cruz, que foi hoje a enterrar no cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

“Fui hoje dizer o último adeus à Grande atriz com quem tive o privilégio de contracenar, Delfina Cruz. Que tristeza ter visto o cemitério do Alto de S. João com tão pouca gente, com tão poucos colegas! Beijinhos, querida Delfina”, escreveu o apresentador de “Grande Tarde”, SIC no seu Facebook.

Delfina Cruz morreu de cancro de mama, no passado dia 8, em Paris.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários