Joana Amaral Dias nas bocas do mundo

Ex-deputada do Bloco de Esquerda despe-se para Cristina Ferreira e dá que falar.

Joana Amaral Dias e Pedro na capa da polémica

Grávida, nua e agarrada ao namorado na capa da edição de hoje da revista “Cristina”, Joana Amaral Dias é, indiscutivelmente, a mulher do momento.

A pose da bela psiquiatra, de 40 anos, antiga deputada do Bloco de Esquerda e atual líder da coligação AGIR, pela qual se candidata nas próximas eleições legislativas, desencadeou forte tempestade nos meios sociais e políticos, com comentários para todos os gostos.

Há quem elogie nas redes sociais (“ A Joana eclipsou a entrevista do Paulo Portas à TVI e só por isso merece um enorme aplauso”); há quem brinque (“Não eram vocês que andavam a pedir para ver nua a Barbie do Bloco? Então, tomem lá – grávida!”); e há quem se confesse desiludido com isto tudo (“Portas ainda é ministro, Costa quer os refugiados a limpar matas e a Joana Amaral Dias aparece nua na capa de uma revista… Se pudesse votava Trump!”).

Nudez e polémica à parte, Joana explica na entrevista concedida à revista de Cristina Ferreira que aceitou expor a sua gravidez desta forma porque, além do mais, quis ser “leal” com os eleitores. Desde logo porque não vai poder empenhar-se na campanha para as legislativas como desejaria e, também, porque, se for eleita, vai ter de ser substituída por um camarada no Parlamento para poder cuidar do bebé que aí vem.

De resto, Joana Amaral Dias opina que a sua nudez só poderá chocar os habituais maledicentes, porque a capa em causa “é bonita, ternurenta e feita com muito amor”.

A ex-deputada do Bloco, considerada uma das mulheres mais sexy da política nacional, aproveita para revelar que vai ter uma menina chamada Luz e que o pai é “o Pedro”.

Simplesmente Pedro, mas um homem muito eficaz, a crer nesta revelação de Joana Amaral Dias: “Na primeira vez que tentámos fazer um bebé, fizemos um bebé.”

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários