Jennifer Hudson chora mais uma morte

Jennifer Hudson chora mais uma morte O sobrinho desaparecido da actriz também foi assassinado em Chicago.

Confirmou-se o pior: o pequeno Julian King, de 7 anos, sobrinho da actriz norte-americana Jennifer Hudson, também foi assassinado. O corpo, crivado de balas, foi descoberto em Chicago, no banco traseiro de uma carrinha abandonada.

O rapazinho estava dado como desaparecido desde sexta-feira passada, quando desconhecidos entraram em casa da família e assassinaram a tiro a mãe e o irmão da actriz. A polícia suspeita que o miúdo também foi morto no mesmo local e na mesma altura, porque há vestígios de tiros no quarto da criança.

Durante o fim-de-semana, Jennifer ainda ofereceu uma recompensa de 100 mil dólares a quem devolvesse o sobrinho, mas todas as esperanças morreram ontem: a polícia encontrou o corpo de Julian numa carrinha Chevrolet estacionada numa rua da zona ocidental de Chicago.

A América está chocada com mais este triplo crime e sucedem-se as manifestações de pesar. A própria candidatura de Barack Obama à presidência apresentou condolências a Jennifer Hudson, uma actriz e cantora muito popular na América, vencedora de um Oscar em 2006.

Até ao momento, não há notícia de quaisquer detenções relacionadas com o crime.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários