Goucha sem papas na língua

Apresentador da TVI entra na polémica sobre o caso do toureiro que sofreu grave queda no programa “Dança com as Estrelas”.

Manuel Luís Goucha veio a público manifestar indignação e repulsa por certas notícias que têm saído em jornais e revistas sobre José Luís Gonçalves, o antigo matador de touros que continua no hospital a lutar pela vida depois de uma queda nos ensaios do programa “Dança Com as Estrelas”.

Sob o título “Um nojo!...!”, o apresentador da TVI escreveu um texto demolidor no seu blog “Cabaret do Goucha”, visando, em particular, a revista “Flash!”, que publicou “uma pretensa investigação sobre o passado recente de José Luís Gonçalves”.

“Fede este tipo de jornalismo que não olha a meios para conseguir um aumento de vendas das suas publicações, desrespeitando quem não está em condições de se defender e o sofrimento, e angústia, de seus amigos e  familiares (nos quais não me incluo)” – sublinha Goucha.

“Talvez venha a ser interessante ver, um dia, na praça pública as dívidas, traições e outros podres de alguns diretores de revistas, jornais ou mesmo de grupos da Comunicação Social. Sempre ouvi dizer que quem com ferros mata, com ferros morre!” – avisa o apresentador.

Finalmente, Manuel Luís Goucha atira-se a comentários feitos nas redes sociais por pretensos “amigos dos animais”, que chegam “a desejar a morte de José Luís Gonçalves, pelo facto de ele haver sido toureiro”.

“É lamentável este fundamentalismo que, como qualquer outro, é cego à argumentação e ao contraditório. É na discussão de ideias que se encontram caminhos para evoluirmos, seja em que campo for. Gosto, e muito, de animais, não entendo porque hão-de existir corridas de touros em pleno século XXI, mas sou incapaz de desejar o pior a quem quer que seja.  Quero continuar a acreditar que os verdadeiros amigos dos animais têm uma sensibilidade apurada e que rejeitam, também por isso, qualquer sinal ou ato de violência!” – conclui Goucha.

Comentários