Globos de Ouro: vencedores ficaram em casa a ver TV

Globos de Ouro: vencedores ficaram em casa a ver TV As estrelas boicotaram a festa e a lista de premiados foi revelada, esta madrugada, sem brilho nem glória.

A 65ª edição dos Globos de Ouro, considerados a antecâmara dos Oscars

de Hollywood, foi a mais triste de que há memória. Como se previa,

desta vez não houve festa. Solidários com a greve dos guionistas,

actores e realizadores obrigaram ao cancelamento da cerimónia e os

prémios acabaram por ser anunciados, esta madrugada, numa simples

conferência de Imprensa, em Beverly Hills, nos Estados Unidos.

Aqui fica a lista completa dos vencedores:

Melhor filme: "Expiação" (Atonement), de Joe Wright.

Melhor realizador: Julian Schnabel, por "The Diving Bell And The Butterfly".

Melhor actriz dramática: Julie Christie, por "Away From Her".

Melhor actor dramático: Daniel Day-Lewis, por "There Will Be Blood".

Melhor comédia ou musical: "Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street", de Tim Burton.

Melhor actriz de musical ou comédia: Marion Cotillard, por "La Vie En Rose".

Melhor actor de musical ou comédia: Johnny Depp, por "Sweeney Todd".

Melhor actriz secundária: Cate Blanchett, por "I´m Not There".

Melhor actor secundário: Javier Bardem, por "No Country For Old Men".

Melhor filme de animação: "Ratatouille".

Melhor filme em língua estrangeira: "The Diving Bell And The Butterfly".

Melhor guião original: "No Country For Old Men", de Ethan e Joel Cohen.

Melhor banda sonora: "Expiação" (Atonement), composta por Dario Marianelli.

Melhor canção original: "Guaranteed", do filme "Into The Wild", letra e música de Eddie Vedder.

Melhor série dramática de televisão: "Mad Men", da cadeia AMC.

Melhor actriz de uma série dramática de televisão: Glenn Close, por "Damages", da cadeia FX Nework.

Melhor actor de uma série dramática de televisão: Jon Hamm, por "Mad Men", da cadeia AMC.

Melhor série de comédia ou musical para televisão: "Extras", da cadeia HBO.

Melhor actriz de uma série de comédia ou musical para televisão: Tina Fey, pela série "30 Rock", da cadeia NBC.

Melhor actorde uma série de comédia  ou musical para televisão: David Duchovny, por "Californication", da cadeia "Showntime".

Melhor minisérie para televisão: "Longford", da cadeia HBO.

Melhor actriz de uma minisérie de televisão: Queen Latifah, por "Life Support", da cadeia HBO.

Melhor actor de uma minisérie de televisão: Jim Broadbent, por "Longford", da cadeia HBO.

Melhor actriz secundária de uma série ou minisérie de televisão: Samantha Morton, por "Longford", da HBO.

Melhor actor secundário de uma série ou minisérie de televisão: Jeremy Piven, por "Entourage", da HBO.

Uma vez atribuídos sem a habitual cerimónia em directo e ao vivo, os

Globos de Ouro vão agora seguir pelo correio para casa dos premiados.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários