Filha de Adelaide Ferreira defende a mãe

A jovem Luana Cardoso garante que a cantora não sabia da sua gravidez.

Luana Cardoso, de 15 anos, filha de Adelaide Ferreira, assumiu hoje toda a “culpa” no caso do aborto que fez no Brasil e garantiu que sua mãe não sabia da gravidez.

Numa mensagem colocada no Facebook, escreve a jovem adolescente:

“Não lhe contei que estava grávida. O meu maior erro nem foi engravidar, foi não ter contado à minha mãe, pois se o tivesse feito, tenho a certeza que aquilo que ela faria era trazer-me para Portugal e dar-me o devido acompanhamento necessário a uma gravidez. Se alguém tem culpa do que aconteceu sou eu. Lá por ter 15 anos não quer dizer que não saiba nem consiga fazer as coisas sozinha. A minha mãe é, e sempre foi, a melhor mãe deste mundo e a melhor mulher também. Não merece nada do que a fiz passar.”

No mesmo texto, Luana explica ainda porque decidiu quebrar o seu silêncio: “Senti o dever de escrever este texto, pois é injusto que, por um erro, uma falha que cometi, a minha mãe seja julgada por todos, quando nem eu o deveria ser, a não ser unicamente por Deus”.

Recorde-se que Luana engravidou do namorado brasileiro, fez um aborto (ilegal no país-irmão) e esteve internada numa instituição do estado de Mato Grosso à ordem das autoridades locais. Posteriormente, foi entregue aos cuidados da mãe e regressou a Portugal.

Durante todo o processo, Adelaide Ferreira foi muito criticada na praça pública por, alegadamente, não saber cuidar da filha e por ter deixado a menor viajar sozinha para o Brasil com o namorado.

Comentários