Fátima Lopes processa jornal “24 horas”

Fátima Lopes processa jornal “24 horas” “Estão a tentar destruir o meu bom nome”, acusa a estilista.

Numa reportagem de capa publicada no último sábado, sob o título "Fátima Lopes atacada por dívidas", o jornal "24 horas" revelava que a estilista "está a falhar pagamentos a alguns manequins que trabalharam na sua agência, a Face Models", como seriam os casos de Fátima Preto e Orsi Fehér.

Hoje, Fátima Lopes anunciou em comunicado que vai processar o diário lisboeta. "O que se verifica - diz a estilista - é uma difamação e um ataque pessoal, deturpando situações próprias da vida das empresas numa tentativa de destruir o meu bom nome".

No caso de Fátima Preto, Fátima Lopes não desmente que ela não tenha sido remunerada por serviços prestados, mas esclarece que as manequins só recebem quando o cliente paga à agência, o que não aconteceu. "Quando as agências não recebem (como é o caso do trabalho contratado pela Montaini, em que esteve envolvida a Fátima Preto), os manequins também não recebem", afirma a sócia da Face Models no seu comunicado. E mais sublinha que "todos os manequins têm conhecimento" dessa prática quando pretendem ser agenciados, aceitando "as condições negociadas".

No que respeita a Orsi Fehér, modelo que estaria a tentar cobrar dívidas da Face Models em tribunal, segundo se afirma na reportagem do "24 horas", Fátima Lopes alega no referido comunicado que "a manequim rescindiu o contrato antes do prazo convencionado, constituindo-se devedora da empresa no valor da indemnização contratualmente prevista pela rescisão antecipada".

O tom geral da reportagem do "24 horas" é muito crítico em relação ao comportamento da agência de Fátima Lopes, sublinhando-se que "muitos manequins" e colaboradores abandonaram a Face Models no último ano.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários