Espanholas furiosas com calendário da Ryanair

Espanholas furiosas com calendário da Ryanair O Instituto espanhol da Mulher está indignado com o calendário sexy da companhia aérea irlandesa.

O calendário da companhia aérea Ryanair para 2008 está a provocar escândalo em Espanha. O Instituto da Mulher, uma organização governamental do país vizinho, considerou o calendário "sexista" e vai apresentar queixa à Comissão Europeia.

Que tem o calendário de tão escandaloso? Na verdade, apenas fotografias de jovens de tamanho maxi em bikinis de dimensão mini: a cada mês corresponde uma hospedeira de proporções generosas em pose sexy. Mas as dirigentes do Instituto não se conformam: na sua opinião, as fotos "representam as hospedeiras de bordo como objectos sexuais" e, com isso, "reforçam estereótipos discriminatórios".

Em vão a companhia aérea irlandesa sublinha que o produto da venda dos calendários (disponíveis em todos os voos da Ryanair) beneficiará directamente as crianças de uma instituição de solidariedade, a "Angel's Quest". "É uma boa causa e todas as hospedeiras retratadas se associaram voluntariamente à iniciativa", sublinhou um porta-voz da companhia.

Mas Maria Jesus Ortiz, directora do Instituto espanhol, insiste em que se trata de um calendário "sexista". "É significativo que só apareçam mulheres, num sector de actividade em que há uma percentagem considerável de homens. Não estamos a falar de moral ou de nudez, mas sim do modo como as mulheres são representadas", disse.

O Instituto anunciou que apresentará uma queixa na Comissão para a Igualdade da União Europeia e enviará à Embaixada irlandesa em Espanha uma carta de protesto.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários