Diana Monteiro em guerra com o senhorio

Cantora explica por que não pagou as rendas…

Diana Monteiro aproveitou uma presença no programa da manhã de hoje da TVI para explicar as razões da guerra que vem travando com o senhorio do apartamento que habitou na zona da Expo, em Lisboa.

Descontente com algumas versões publicadas na imprensa, segundo as quais não pagou rendas, destruiu a casa e furtou alguns artigos, a cantora e apresentadora do programa “Guestlist” pôs tudo em pratos limpos.

“Quando somos figuras públicas, há muita gente que se aproveita desse facto e acha que nos pode intimidar ligando para determinado tipo de imprensa”, começou por dizer Diana. 

“Eu aluguei a casa por dez meses e paguei sempre a renda até ao momento em que percebi que o senhorio se recusava a passar-me os respetivos recibos de quitação, que são obrigatórios por lei. O senhor Paulo Rodrigues (senhorio) não só nunca me passou qualquer recibo, como vim a saber que nem sequer registou o contrato de arrendamento nas Finanças. A partir do momento em que um senhorio se recusa a passar recibos, o inquilino pode recusar-se a pagar a renda e foi o que eu fiz”, afirmou a cantora, que vai avançar com um processo contra o antigo senhorio.

Sobre as acusações de que teria furtado do apartamento cabides de roupa, velas, panelas e uma luva de cozinha, Diana referiu apenas, em tom irónico: “Atenção, supermercados, quando me virem entrar vigiem as panelas, que eu sou uma pessoa que roubo este tipo de coisas! Como se eu não tivesse dinheiro para comprar velas e cabides…”.

Comentários