Delfins dizem adeus

A banda de Miguel Ângelo já tem data marcada para acabar.

Depois de 25 anos de carreira, os Delfins chegam ao fim. A notícia foi confirmada num comunicado de imprensa em que a banda anuncia a data do seu último concerto: 31 de Dezembro de 2009.

"Durante o corrente ano de 2008, os Delfins cumprirão os seus compromissos contratuais na 'Power Pop Tour' com prazer e lançam no início de Outubro o seu último álbum de originais", lê-se num comunicado assinado por todos os elementos da banda.

O grupo liderado por Miguel Ângelo está neste momento a gravar o seu sétimo álbum, que será editado no início de Outubro. Depois, os Delfins pretendem comemorar as bodas de prata com uma digressão de despedida, que se chamará "25 anos, 25 êxitos e um abraço".

Os "cinco delfins" - Miguel Ângelo, Fernando Cunha, Rui Fadigas, Luís Sampaio e Jorge Quadros - prometem manter-se ligados à música em iniciativas a solo ou em grupo.

O guitarrista Fernando Cunha, elemento fundador da banda, abandona já o grupo, não participando na digressão nem na produção do próximo álbum, segundo o mesmo comunicado.

Num texto seu, Fernando Cunha esclarece que sentiu "necessidade de prosseguir uma carreira própria e autónoma, tanto de músico como de produtor".

No mesmo documento, o guitarrista, que desde 1988 assumia a direcção musical e a produção de todos os álbuns, com excepção do último gravado em Inglaterra, confirma que não integrará esta fase final da banda de Cascais.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários