Decoração portuguesa nas casas de Schumacher, Beckham e George Michael

Uma empresa de mobiliário de Paredes foi a responsável pela decoração das casas de algumas das "estrelas" mundiais do desporto e música.

O antigo campeão do mundo de Fórmula 1 Michael Schumacher, o atual piloto da mesma competição Sebastian Vettel, o cantor George Michael e a antiga 'estrela' do futebol David Beckham, além do ex-guarda-redes checo do Chelsea Petr Cech, escolheram mobiliário da empresa portuguesa, que exporta 99% da sua produção.

A revelação foi feita à agência Lusa por Sandra Leal, diretora de 'marketing' da ALEAL, uma empresa familiar fundada em 1975 por Zeferino Leal e que já vai na segunda geração. Operando em Vandoma, município de Paredes, conta com 64 colaboradores.

Com mais de 100 peças diferentes para salas de estar e de jantar, quartos e peças soltas, desde a sua fundação que se "tem posicionado no segmento 'Premium', distinguindo-se pela qualidade e 'design' dos seus produtos e pela excelência do serviço que presta", destacou a responsável.

Marcando presença nas principais feiras internacionais do setor (Milão, High Point, Las Vegas, Colónia, Paris), a empresa encontrou aí a forma de expansão do seu negócio. E terá sido esse investimento, numa visibilidade à escala mundial que abriu as portas para que hoje esteja também nas casas e na decoração de figuras de renome mundial, todos eles optando por peças "do mobiliário 'standard'", relatou à Lusa.

"Depois de uma fase inicial orientada para o mercado nacional, cedo a administração arrancou com o processo de internacionalização, apostando inicialmente na exportação para os mercados de Angola e da Rússia, já há 28 anos", explicou a responsável pelo 'marketing', revelando ter "conhecimento de que existem políticos e ministros de ambos os países que escolheram mobiliário da firma para as suas casas".

Atualmente, a empresa "exporta para praticamente todo o mundo", sendo a Alemanha, Áustria, França, Reino Unido e Bélgica "os países com maior relevo de exportação".

A nível interno, ainda que para um setor muito específico, existe procura do mobiliário da marca de Vandoma, com este a "ser também o mais procurado para a decoração de cenários dos programas de televisão e telenovelas em Portugal", explicou a responsável da empresa que este ano completa 40 anos de atividade.

artigo do parceiro: NM

Comentários