David Bowie viciado em sexo

A ex-mulher do cantor, Angie, decidiu pôr a nu todos os segredos do “Camaleão do Rock”.

David Bowie é viciado em sexo, especialmente em “ménage à trois”, de acordo com declarações de Angie Bowie, primeira mulher do cantor e mãe do seu filho, Duncan Haywood Zowie Jones.

“David era viciado em ‘ménage à trois’ com homens ou mulheres. No dia do nosso casamento quase chegámos atrasados à cerimónia porque acordámos tarde, na cama de uma amiga nossa, depois de uma noite louca de sexo”, conta Angie, numa entrevista ao “The Sun”.

Angie recorda também a manhã em que encontrou o “rolling stone” Mick Jagger na cama de David, ambos despidos e ressacados.

“Entrei no quarto e David estava deitado na cama, nu, rodeado de almofadas e edredons. Do outro lado da cama estava Mick Jagger com uma das pernas por cima da roupa da cama. Perguntei-lhes se tinham passado uma boa noite e se estavam prontos para tomar o pequeno-almoço. Eles estavam tão ressacados que mal conseguiam falar. Fiquei com pena deles”, relata Angie.

A ex-mulher de Bowie refere, ainda, que o cantor tinha frequentes alucinações devido ao consumo de drogas, especialmente heroína e cocaína.

“Uma vez, já estávamos separados, o David ligou-me e disse-me que tinha sido raptado por um bruxo e duas bruxas e que queriam obriga-lo a ter sexo com elas na noite de Halloween. Ele acreditava que o seu esperma era a semente do diabo. Claro que tudo não passava de alucinações, devido ao excesso de heroína e cocaína. Meti-me num avião no dia seguinte para ir, mais uma vez, salvá-lo, e descobri que o bruxo era um dos traficantes que habitualmente lhe forneciam a droga e que as duas bruxas eram prostitutas. O resto foi o delírio dele…”, conclui Angie.

David Bowie, que fez 66 anos em janeiro, é um dos artistas do momento. Dez anos depois de ter lançado o seu último disco (“Reality”), voltou agora ao mercado com novo álbum “The Next Day”).

Comentários