Dakar: Elisabete Jacinto prepara-se para o deserto

Dakar: Elisabete Jacinto prepara-se para o deserto A nossa camionista quer um lugar nos cinco primeiros do Rali Lisboa-Dakar.

A simpática camionista portuguesa da prova mais dura do mundo está a preparar com todo o cuidado e empenho a sua participação no 10º Rali Dakar, que arranca de Lisboa no próximo dia 5 de Janeiro."No ano passado cheguei em sétimo lugar na lista dos camiões com menos de 10 mil cm3, mas nesta nova edição quero chegar num dos primeiros cinco lugares da minha categoria" - diz Elisabete Jacinto, que promete chegar ao pódio já em 2009.

Para conseguir concretizar tais ambições, a ex-professora de Geografia começa o dia no ginásio e chega a tirar o camião da oficina, em Alverca, para treinos intensivos de vários dias e muitos quilómetros nos trilhos de Marrocos.

Os caminhos do deserto são percorridos por três pessoas: Elisabete ao volante, o co-piloto e o mecânico: "Este ano, pela primeira vez - revela Elisabete -, tive a assistência de um camião, onde seguia o meu marido como gestor da equipa, o co-piloto e o outro mecânico, que faz a manutenção durante a noite."Entre 1998 e 2001, Elisabete participou no Dakar de mota. Depois interrompeu um ano e, em 2003,surpreendeu tudo e todos ao atirar-se para o deserto ao volante de um camião. Nos últimos cinco anos foi sempre subindo nas pautas classificativas e essa, diz ela, é a sua melhor recompensa.

Depois de ter sido durante muitos anos a imagem da Trifen 200, a piloto portuguesa é agora patrocinada pela Oleoban, uma linha de produtos dermo-cosméticos: "Gostaria que as pessoas soubessem que este ano o meu camião é azul...", pede Elisabete.

Além do Dakar, a nossa mulher-piloto participa em mais duas provas da taça do mundo de todo-o-terreno, o Rali da Tunísia e o Rali de Marrocos. Como ela afirma, "o desporto deixou de ser um hobby e passou a regime de trabalho a tempo inteiro."Lisboa-Dakar 2008: imagens da festa do deserto

mesmo à beirinha do Tejo

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários