Cocaína matou Ike Turner

Ao fim de 30 anos de vício, uma “overdose” foi fatal para o cantor.

Uma "overdose" de cocaína foi a causa da morte do cantor Ike Turner, segundo informaram as autoridades da cidade norte-americana de San Diego. Este pioneiro do rock, de 76 anos, foi encontrado já sem vida no passado dia 12 de Janeiro na sala da sua casa de San Marcos, perto da fronteira com o México.

Peritos responsáveis pela autópsia consideraram que a cocaína, produto que Turner consumia regularmente há mais de 30 anos, bem como falhas cardiovasculares e um enfisema, estiveram na origem do falecimento.

Ike Turner é considerado um dos pais da música rock. O seu conturbado casamento com a cantora Tina Turner e os constantes conflitos com a polícia e os tribunais ensombraram uma carreira brilhante. Ainda recentemente, o cantor não pôde estar presente no Salão da Fama do Rock n'Roll porque estava a cumprir mais uma pena na cadeia estadual.

Com os Reis do Ritmo, Turner editou o famoso álbum Rocket 88, que marcou o som do rock nos anos 50. Já em 2007, ganhou um Grammy com o álbum "Risin'with the blues".

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários