Cenas ousadas em “Equador” dão polémica

Cenas ousadas em “Equador” dão polémica Telespectadores sentiram-se ofendidos com cenas de sexo na grande série da TVI e ligaram para a Entidade Reguladora da Comunicação a queixar-se.

Para a actriz Dalila Carmo, trata-se de "extremo bom gosto", para São José Correia foi tudo "muito bonito", mas para alguns telespectadores as suas cenas de sexo com Filipe Duarte e Francisco Corte-Real, respectivamente, na série "Equador", são uma ofensa à moral.

No domingo, a TVI emitiu mais um episódio da série inspirada no romance de Miguel Sousa Tavares, em que mostrava a entrega de Matilde (Dalila Carmo) a Luís Bernardo (Filipe Duarte) numa cena de nus na cama. Houve ainda outra cena de sexo, mostrando o jovem  Antero Albuquerque (Francisco Corte-Real) a perder a virgindade com a prostituta Pilar (São José Correia).

Alguns telespectadores ficaram indignados com a exibição das cenas e trataram de formalizar uma queixa na Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC), que irá analisar se o conteúdo é realmente ofensivo. Alguns deles alegam que era cedo demais para tanta ousadia.

Como está classificada para maiores de 12 anos pela própria TVI, a série "Equador" cumpre as exigências para ser exibida antes das 22h30. Ainda assim, isso não impede que o público possa queixar-se.

As actrizes envolvidas nas cenas desdramatizam a situação. "Não me chocou nada. Achei bonito e adequado", disse São José Correia ao "24 Horas". Dalila Carmo diz-se contra o "nu gratuito" e garante que não é este o caso.

A ERC deve pronunciar-se sobre as queixas até ao fim deste mês.

Comentários