Celebridades contra o terrorismo

George Clooney, Helen Mirren, Diane Kruger e outras estrelas aproveitam gala dos Globos de Ouro para condenar o massacre dos jornalistas do “Charlie Hebdo”.

Kathy Bates, Diane Kruger e Helen Mirren, com o casal Clooney em segundo plano nesta fotomontagem
George Clooney e a sua mulher, Amal, renomada advogada dos Direitos Humanos, aproveitaram a gala dos Golden Globe Awards, este domingo, em Beverly Hills, para se juntarem à campanha internacional de protesto contra o assassinato de oito cartoonistas franceses da revista “Charlie Hebdo”.

George surgiu na passadeira vermelha com o slogan “Je suis Charlie” colado no smoking, junto ao coração, enquanto Amal fez o mesmo, exibindo a frase viral na sua malinha Dior.

O gesto do casal foi acompanhado por outras celebridades, como as atrizes Helen Mirren, Kathy Bates e Diane Kruger, que também exibiram o slogan de apoio à liberdade de expressão e de Imprensa em plena passadeira vermelha.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários