Carla Matadinho vai salvar uma vida

A modelo foi chamada para fazer doação de medula óssea.

Há quatro anos que Carla Matadinho se tornou dadora de medula óssea, cumprindo aquilo que considera ser o “dever de ajudar o próximo”, a foi agora informada que alguém compatível consigo precisa das suas células.

“Ontem à tarde ligaram-me do Registo Português de Dadores de Medula Óssea a dizer que há uma pessoa compatível comigo e que precisa agora das minhas células. Por isso gostava de partilhar convosco esta história. Queria que soubessem que não custa nada e que, ao lerem este meu testemunho, todos vocês pensassem também na possibilidade de se tornarem dadores e assim, quem sabe, mudar o destino de alguém que tem a infelicidade de passar por uma doença tão cruel como a Leucemia”, partilhou Carla no Facebook.

A modelo e empresária já fez as análises que permitirão confirmar ou não a compatibilidade: “Estou a aguardar serenamente o resultado e espero que seja confirmada toda a compatibilidade necessária para podermos passar à próxima fase: doar algumas células da minha medula e poder ajudar alguém que pode ter a vida em risco”.

Comentários